Polêmica! Narrador da Globo é acusado de copiar bordão de radialista

Edson Callegares diz que o bordão “sabe de quem?” foi inventado por ele.

O radialista Edson Callegares, da Cultura FM de Santos, fez um post no Facebook acusando o narrador Luis Roberto, da TV Globo, de ter copiado dele o bordão “sabe de quem?”, que virou sucesso nacional na voz do global.

“Uma coisa que eu não admito é injustiça na vida. O Sabe de Quem é um bordão que eu uso há mais de 30 anos. O Luiz Roberto usou esse bordão, e jamais teve a humildade de dizer que copiou de mim. Como profissional considero o Luiz um dos melhores do Brasil. Tivemos uma disputa na Baixada Santista pelo troféu Ernani Franco de Rádio como o melhor narrador esportivo da Baixada Santista. Na época ele estava pela pela Rádio Cultura e eu pela Rádio Atlântica, que na época pertencia ao grupo A Tribuna. Ganhei a votação e fui eleito o melhor narrador esportivo da Baixada Santista. Nunca fomos amigos de sair juntos ou mesmo manter contatos. Mas sempre houve respeito”, escreveu Edson Callegares na rede social.

“Mas seja honesto em pelo menos dar o crédito de quem copiou. Isso é uma questão de honestidade, dignidade e justiça. Parabéns Luiz Roberto pelo seu trabalho. O sucessor legítimo do Galvão Bueno (…). O ‘Sabe de Quem’ tem dono: Edson Callegares, o locutor que levanta a galera”, completou o narrador.

 

Uma coisa que eu não admito e de injustiça na vida. O Sabe de Quem e um bordão que eu uso há mais de 30 anos. O Luiz…

Publicado por Edson Callegares Callegares em Sábado, 21 de julho de 2018

 

A TV Globo se manifestou sobre o caso em nota enviada ao colunista Flávio Ricco. De acordo com a emissora, o bordão foi criado pelo ex-jogador de vôlei e atual comentarista Tande. “O bordão ‘sabe de quem?’, do narrador Luis Roberto, nasceu em uma transmissão de vôlei. Depois de um ponto, o ex-jogador e comentarista Tande perguntou ao narrador: ‘Sabe de quem?’, para valorizar a boa atuação do oposto Wallace, a quem a frase até hoje é associada. A expressão fez sucesso e Luis Roberto passou a utilizá-la, tempos depois, também nas transmissões de futebol. Luis Roberto conhece Edson Callegares há muitos anos e foi lembrado por colegas da coincidência entre os bordões, já que Edson foi o primeiro a utilizar a expressão, em narrações de gols do Santos. Os dois inclusive já conversaram sobre o assunto e não há qualquer questão sobre o caso”.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.