Ataques do Estado Islâmico deixam cerca de cem mortos na Síria

Ao menos 96 pessoas morreram e 176 ficaram feridas.

Uma série de ataques deixou quase cem mortos na região sul da Síria nesta quarta-feira (25). A série coordenada de atentados, os piores no país em meses, foi atribuída pelo governo ao Estado Islâmico. Ao menos 96 pessoas morreram e 176 ficaram feridas, de acordo com autoridades de Sueida, cidade que foi o principal palco dos ataques.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, ONG com sede no Reino Unido, deu um número ainda maior de vítimas, com 156 mortes. Em comunicado no qual assumiu a autoria dos ataques, o Estado Islâmico afirmou que foram mais de cem mortes, mas não deu detalhes.

Segundo as autoridades locais, um terrorista invadiu um mercado de frutas e vegetais com uma moto e acionou explosivos.Pouco depois, um segundo ataque a bomba aconteceu em uma praça da cidade.

Dois outros terroristas explodiram seus cinturões quando eram perseguidos por forças de segurança.Além disso, militantes do Estado Islâmico atacaram vilas ao norte de Sueida,onde mataram 41 pessoas segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos. Com informações da Folhapress.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.